Transformação digital no setor de suprimentos

Viviane Burdinski

Viviane Burdinski

A Hydro é uma empresa centenária, fundada em 1905 na Noruega. No Brasil  as operações iniciam com a extração do minério bauxita, que é transformado em alumina, a matéria prima principal para o alumínio primário.   

A companhia está presente em 40 países, com cerca de 38 mil colaboradores. Toda a estratégia da Hydro é pautada em uma agenda altamente sustentável. O alumínio é um material que pode ser completamente reciclado, quantas vezes forem necessárias. Isso o torna um produto ideal na criação de uma sociedade mais preocupada com o meio ambiente. 

A tecnologia como coadjuvante

 

No processo de transformação digital do setor de Supply Chain, a empresa optou por uma abordagem mais humanizada, onde a tecnologia é vista como um coadjuvante. O foco está nas pessoas. 

A capacitação técnica e o desenvolvimento comportamental dos profissionais foi fundamental para o sucesso do projeto. “Um dos grandes gargalos de qualquer transformação de T.I (tecnologia da informação) é a mudança; sair de um processo manual, analógico e migrar para o automatizado. Capacitar os profissionais de ponta nessa área, é extremamente importante”, explica Aldo Almeida, Procurement Director na Norsk Hydro

Todo o processo trouxe diversos benefícios. Atualmente, 75% dos pedidos são emitidos de forma automática, o que gerou uma melhoria do percentual de entregas no prazo. Consequentemente, houve também um aumento da satisfação dos clientes internos. Além disso, a melhoria do processo de diligenciamento trouxe uma maior agilidade na tomada de decisão, que hoje pode ser feita com base em diversos dados fornecidos pelo sistema. 

Clique aqui para assistir a palestra na íntegra!

 

Você pode gostar também:

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Notícias do Mercado

Marketing em tempos de crise

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Home Office: como ser produtivo?

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Home Office: como ser produtivo?

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Vídeos

Supply Talks#02

No Supply Talks#02, os hosts Alex Leite e Cássio Azevedo tiveram um bate-papo com a convidada Mônica Granzo, Founder e CEO da Smarkets.

LiveCast#62

No LiveCast#62, os hosts Henrique Gasperoni e Alex Leite tiveram um bate-papo com a convidada Mariel Orsi Gameiro, Conselheira no CARF e com o co-host Ronaldo Apelbaum, CEO e Sócio Fundador da APGI Advogados

Supply Talks#01

No Supply Talks#01, os hosts Alex Leite e Henrique Gasperoni tiveram um bate-papo com o convidado Eduardo Nishimoto, Head Comercial e BU Supply na Autopel, empresa focada em prover soluções para automação em suprimentos.

3 PRINCÍPIOS para desenvolver novas competências com Alex Leite

Discutido por pensadores e profissionais, a competência é a capacidade resultante de profundo conhecimento que alguém domina sobre certo assunto, gerando benefícios para uma pessoa ou organização. Mas você sabe como adquiri-la?

Pico-fim e a experiência do cliente com Rafael Scucuglia

A experiência do cliente, de forma resumida, pode ser definida como um conjunto de emoções vividas pelo consumidor nas interações com a empresa, produto, marca ou serviço, ao longo de sua jornada. Mas, como saber a relevância dessas interações na memória do cliente, quando precisam ser acessadas para tomar novas decisões?

Fique atualizado!

Assine nossa News e fique por dentro das principais matérias da Live University

Fique por dentro das principais tendências do mercado!

🚀 O evento começa em:

Dias
Horas
Minutos