ilustração sobre monetização de dados

Monetização de dados: saiba como transformá-la em uma vantagem competitiva nas organizações

“Dados são o novo petróleo”. Se você trabalha na área de Data Science e correlatas, aposto que já ouviu essa frase! Embora ela tenha se tornado comum no mercado existem ressalvas que comprovam que o valor dos dados vai muito além dessa comparação.

Na última quinta-feira (25) tivemos uma live no linkedin com participação especial de Doug Laney, Principal, Data & Analytics na Caserta e autor do best-seller Infonomics, modelo que ensina como monetizar, gerenciar e medir os ativos das informações quantificando o valor econômico delas.

Para agregar no bate-papo trazendo um panorama nacional, contamos com Fernando Enobi, Head of Data Office for LATAM na Renault-Nissan-Mitsubishi. Continue lendo e descubra como monetizar os dados da sua organização!

Antes de introduzir o modelo, Doug traz uma reflexão acerca da afirmação polêmica e comum entre os executivos sobre a comparação de dados com o petróleo. Para ele, é importante enxergar além “O petróleo você consome e transforma em energia. Pronto, ele tem um fim. Já as informações não. É possível consumi-las sempre e transformá-las em ganhos importantes para o negócio. As propriedades dos dados são muito diferentes e mais úteis”.

O profissional também deu uma dica para as organizações que ainda não veem ou trabalham a monetização de dados com um olhar estratégico. Para ele, mesmo que os dados ainda não sejam um ativo, é fundamental que as empresas passem a valorizá-lo e tratá-lo como um. 

Em contrapartida, existem aquelas que trabalham os dados de forma errônea. “Muitas organizações perdem seus dados e não estão prontas para medir. Até porque não podemos gerenciar o que não medimos. Eles não olham para a qualidade dos dados, características, valor de mercado e os impactos nos negócios. A partir daí, são gerados dados mais “pobres” que não geram valor”.

Já durante a apresentação do modelo, Doug compartilhou alguns benefícios econômicos das informações a partir da monetização indireta de dados, que acontece dentro da organização e quando praticada, traz a redução de despesas, riscos e a identificação de novos produtos e serviços. E a monetização direta de dados, que acontece fora da organização e traz benefícios como benefícios aprimorados da indústria/consumidor, troca de informações, aprimoramento de produtos/serviços e insights sobre o mercado de dados.

Já Fernando Enobi compartilhou como tem sido a aplicação desse modelo na prática dentro da Renault-Nissan-Mitsubishi. “Antes de começarmos a olhar com maior atenção para o processo de monetização de dados, vimos como a companhia estava usando os dados. A partir daí, vimos que muitos desses ativos não estavam sendo usados e muitos deles sendo distorcidos, ou seja, o significado da informação não era aquele”.

O profissional ainda compartilhou a importância de implementar um cultura data-driven dentro da organização. “Inserindo ferramentas, práticas e processos data-driven você consegue trazer uma melhoria para a empresa como um todo”.

Ao ser questionado se o modelo Infonomics já está sendo praticado na Renault-Nissan-Mitsubishi, Fernando compartilha que até o momento a companhia tem trabalhado somente com a monetização indireta.

O profissional ainda compartilha que o desafio de implementar o modelo está cada vez mais intenso. No entanto, sabe da necessidade de gerenciar e monitorar as informações, pois, uma vez com o uso delas bem definido, é possível entender e trabalhar de forma estratégica para monetizar os dados.

Ficou curioso e quer assistir a live na íntegra? Então acesse o conteúdo aqui.

Você consegue encontrar o best-seller Infonomics aqui.

Você pode gostar também:

Acompanhe as tendências do mercado!

Cadastre-se para receber nossos conteúdos por e-mail

Notícias do Mercado

Marketing em tempos de crise

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Home Office: como ser produtivo?

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Home Office: como ser produtivo?

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Vídeos

MBA Online

O virtual mais real que você já viu! O formato online da LiveU acontece ao vivo e durante as aulas é possível tirar suas dúvidas...

Prêmio Confeb 2019

Mulheres foram destaque no Prêmio Confeb 2019. Organizado pela LiveU, o evento reuniu grandes profissionais das áreas Fiscal...

Reforma Tributária

A Reforma Tributária é um dos assuntos mais em alta no país. E para falar sobre o futuro dos tributos no Brasil, Alex Leite...

Congresso LATAM

Já pensou em aplicar Inteligência Artificial nos seus negócios? Atenção, porque muita gente já começou!

Meios de pagamento

Saindo do clássico boleto, os novos Meios de Pagamento representam o jeito mais simples e tecnológico de pagamento...

Fique atualizado!

Assine nossa News e fique por dentro das principais matérias da Live University

Fique por dentro das principais tendências do mercado!