Home Office: Sonho ou pesadelo?

Viviane Burdinski

Viviane Burdinski

Cerca de 8 milhões de pessoas trabalhavam em home office no Brasil em setembro do ano passado (2020), o dobro (3,8 milhões) apontado pelas pesquisas do IBGE em 2019. A pandemia acelerou e muito a necessidade das empresas em permitir a modalidade remota de trabalho aos seus colaboradores. 

De acordo com Frederico Lacerda, Co-Fundador da Pin People, em pesquisa realizada com 150 mil colaboradores de diversas empresas, foi possível concluir que para a maioria das pessoas no início da pandemia a novidade foi muito bem aceita. Porém após algum tempo, os desafios apresentados pela jornada com a presença das crianças em casa, o respeito ao horário de trabalho, a saúde mental e o acesso à ferramentas e sistemas, o sonho do home office acabou virando pesadelo. Apesar disso, “as pessoas estão muito satisfeitas com as organizações, com 96% de favorabilidade com as ações tomadas para enfrentar a pandemia”, ressalta Frederico.

 

E após a pandemia?

 

Foram necessários muitos ajustes e atualmente, após esse período de adaptação, as empresas devem sim mudar a forma como encaram as possibilidades de home office daqui para frente. Claudia Perrone, analista de RH na Stanley Black & Decker, afirma que entre 50% e 60% dos colaboradores devem adotar as modalidades flex (onde 1 ou 2x por semana o trabalho é realizado no escritório) e o totalmente virtual.

Paula Giannetti da Travelex, conta que a empresa passou de apenas um setor para 100% de home office durante a pandemia. Atualmente, eles estudam a possibilidade de 30% dos colaboradores poderem escolher quantos dias gostariam de trabalhar de forma remota dentro da modalidade flex. 

 Para algumas organizações, essa mudança é muito positiva, trazendo benefícios como a otimização do espaço físico por exemplo. É o caso do Banco Daycoval. Carla Zeitune, Head de RH da empresa, diz que: “…em função dessa dinâmica, é possível até aumentar o nosso quadro, sem precisar de mais salas. Mas isso não significa dizer que vamos entregar as salas que já temos”, desmistificando essa associação negativa, feita com a adoção de um sistema de home office e o fechamento de salas.  

Sonho ou pesadelo? Isso depende de vários fatores. Na pesquisa realizada pela Pin People, pais com filhos pequenos, por exemplo, apresentaram mais dificuldades com a jornada de trabalho. Já na geração Z (pessoas nascidas entre 1995 a 2010) o desafio maior é com a manutenção da saúde mental. Por todos esses fatores, ainda é muito cedo para se chegar a uma conclusão. Para Frederico é preciso ir com calma: “Na minha opinião, sendo um especialista em pesquisa, precisamos de mais dados. Vamos evitar tomar decisões prematuras e acabar cometendo erros”, afirma.

Confira o debate completo!

Você pode gostar também:

Acompanhe as tendências do mercado!

Cadastre-se para receber nossos conteúdos por e-mail

Notícias do Mercado

Marketing em tempos de crise

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Home Office: como ser produtivo?

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Home Office: como ser produtivo?

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Vídeos

MBA Online

O virtual mais real que você já viu! O formato online da LiveU acontece ao vivo e durante as aulas é possível tirar suas dúvidas...

Prêmio Confeb 2019

Mulheres foram destaque no Prêmio Confeb 2019. Organizado pela LiveU, o evento reuniu grandes profissionais das áreas Fiscal...

Reforma Tributária

A Reforma Tributária é um dos assuntos mais em alta no país. E para falar sobre o futuro dos tributos no Brasil, Alex Leite...

Congresso LATAM

Já pensou em aplicar Inteligência Artificial nos seus negócios? Atenção, porque muita gente já começou!

Meios de pagamento

Saindo do clássico boleto, os novos Meios de Pagamento representam o jeito mais simples e tecnológico de pagamento...

Fique atualizado!

Assine nossa News e fique por dentro das principais matérias da Live University

Fique por dentro das principais tendências do mercado!