Gestão de estoque e logística de importação com VMI

Viviane Burdinski

Viviane Burdinski

A Multilog é uma empresa de serviços logísticos, que atende clientes de diferentes segmentos e necessidades da cadeia de suprimentos. São mais de 1500 colaboradores, com unidades distribuídas nos principais corredores de importação e exportação do país. 

A companhia optou por um sistema de operação logística de estoque onde a matéria prima importada pertence ao fornecedor até que o cliente tenha a necessidade do seu uso. Basicamente, o fornecedor começa a operação de embarque fora do país, com todo o processo de embarque de logística internacional.

Importação sem o domínio do estoque para a indústria

 

Quando a mercadoria chega ao porto, é feita uma primeira transferência até o hub da Multilog. Até esse momento, é importante salientar que a carga (documentação, etc) não está sob o poder do cliente final (indústria). Durante todo esse trajeto, a carga fica sob controle da Multilog. 

Somente após a nacionalização e feito o push para a indústria, é que a carga passa para o domínio da indústria. Esse processo traz muitas vantagens para o cliente final, que tem o estoque avançado e mais próximo do que eles precisam, fazendo o push do hub conforme a necessidade. Isso diminui a necessidade de fluxo de caixa, que seria necessário para fazer a importação de um container inteiro, por exemplo. Além disso, não há a necessidade de espaço para armazenamento. 

Para otimizar a operação logística e o gerenciamento de estoque, a empresa optou pela utilização do VMI (Vendor Management Inventory). Um sistema bastante conhecido que permite um controle preciso, além da previsão baseada nos dados colhidos, evitando rupturas. 

Clique aqui para conferir a palestra na íntegra!

 

Você pode gostar também:

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Notícias do Mercado

Marketing em tempos de crise

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Home Office: como ser produtivo?

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Home Office: como ser produtivo?

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Vídeos

Supply Talks#02

No Supply Talks#02, os hosts Alex Leite e Cássio Azevedo tiveram um bate-papo com a convidada Mônica Granzo, Founder e CEO da Smarkets.

LiveCast#62

No LiveCast#62, os hosts Henrique Gasperoni e Alex Leite tiveram um bate-papo com a convidada Mariel Orsi Gameiro, Conselheira no CARF e com o co-host Ronaldo Apelbaum, CEO e Sócio Fundador da APGI Advogados

Supply Talks#01

No Supply Talks#01, os hosts Alex Leite e Henrique Gasperoni tiveram um bate-papo com o convidado Eduardo Nishimoto, Head Comercial e BU Supply na Autopel, empresa focada em prover soluções para automação em suprimentos.

3 PRINCÍPIOS para desenvolver novas competências com Alex Leite

Discutido por pensadores e profissionais, a competência é a capacidade resultante de profundo conhecimento que alguém domina sobre certo assunto, gerando benefícios para uma pessoa ou organização. Mas você sabe como adquiri-la?

Pico-fim e a experiência do cliente com Rafael Scucuglia

A experiência do cliente, de forma resumida, pode ser definida como um conjunto de emoções vividas pelo consumidor nas interações com a empresa, produto, marca ou serviço, ao longo de sua jornada. Mas, como saber a relevância dessas interações na memória do cliente, quando precisam ser acessadas para tomar novas decisões?

Fique atualizado!

Assine nossa News e fique por dentro das principais matérias da Live University

Fique por dentro das principais tendências do mercado!

🚀 O evento começa em:

Dias
Horas
Minutos