ilustração de artigo sobre efeitos da covid-19 em Compras

Efeitos do Covid-19 e as principais tendências na área de Compras

O surto de coronavírus tem afetado drasticamente a economia global. Joerg Wuttke, presidente da Câmara Europeia de Comércio da China, declarou que antes mesmo da Covid-19 ter sido declarada como pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS), as empresas no país já se encontravam em apuros.

Partindo de um contexto organizacional considerando os departamentos que sofreram impacto com a pandemia, a área de Compras ganha destaque por temer a interrupção de suprimentos e a quebra de cadeias complexas de abastecimento.

Nesse processo, quais lições os profissionais da área podem aprender nesse momento e o que é esperado pelo setor em um mundo pós pandemia? Para responder essas perguntas, convidamos Luiz Gastão Bolonhez, VP do Mercado Eletrônico, Douglas Ferreira, especialista e CEO do Café com Comprador e Matheus Rodrigues, Head of Procurement & Facilities na OLX.

Impactos na área de Compras

OLX

Durante muitos anos a área de Compras foi responsável por reduzir os custos de operação das empresas sem a presença de um olhar estratégico. Felizmente, o cenário mudou e hoje as atividades consistem em gerenciar de forma eficaz os fornecedores, atender às demandas sociais e levar melhorias ao processo como um todo.

Questionado por Alex sobre os desafios da OLX no novo cenário, Matheus Rodrigues compartilha “O primeiro desafio que tivemos foi de renegociação, suspensão de contratos, ou seja, redução de custos. Tivemos uma queda de receita, então buscamos compensar com alguns cortes”.

Ainda reforçou que “É uma missão muito difícil. Estamos engajados nesse processo e conversando com os fornecedores para que as partes estejam de acordo e o negócio de ambos não seja comprometido”.

JBS

Durante muitos anos a área de Compras foi responsável por reduzir os custos de operação das empresas sem a presença de um olhar estratégico. Felizmente, o cenário mudou e hoje as atividades consistem em gerenciar de forma eficaz os fornecedores, atender às demandas sociais e levar melhorias ao processo como um todo.

Questionado por Alex sobre os desafios da OLX no novo cenário, Matheus Rodrigues compartilha “O primeiro desafio que tivemos foi de renegociação, suspensão de contratos, ou seja, redução de custos. Tivemos uma queda de receita, então buscamos compensar com alguns cortes”.

Ainda reforçou que “É uma missão muito difícil. Estamos engajados nesse processo e conversando com os fornecedores para que as partes estejam de acordo e o negócio de ambos não seja comprometido”.

Mercado Eletrônico

Para Luiz Gastão as mudanças para os profissionais de Compras serão imensas. O VP da ME enfatiza a importância da digitalização e ressalta que, nesse momento, todos estão usando infinitamente a tecnologia.

Quando questionado sobre os impactos no Mercado Eletrônico, o profissional compartilha uma situação vivida com um cliente “Um cliente de manufatura, por exemplo, está usando muitos mais a nossa plataforma. Houve um pico nos serviços essenciais. Já para as empresas de entretenimento, alimentação industrial e hotéis a queda foi gigantesca”.

O setor de Compras pós pandemia

Hoje em dia a Transformação Digital em Compras tornou-se fundamental para as organizações. Para aquelas que ainda não haviam olhado com atenção para esse aspecto, a pandemia chegou para causar mudanças repentinas.

Os especialistas compartilham visões diferentes em relação ao futuro da área. Para Gastão, com o passar o tempo o setor de Compras ganhou um olhar estratégico e atualmente o número de profissionais que enxergam isso dobrou. Para ele, a vantagem é que esse número cresceu e pode crescer muito mais.

Para finalizar, ainda acrescentou “Estou otimista em olhar que o advindo pós corona vai nos colocar em um patamar totalmente diferente”.

O Head de Procurement & Facilities da OLX, Matheus Rodrigues, compartilha sua visão “É preciso deixar que o fornecedor participe do dia a dia do comprador. A partir desse relacionamento, é possível trazermos inovação, melhorias de processos, entre outros benefícios”.

Sobre a presença de fornecedores nacionais, o profissional compartilha “Temos dezenas de fornecedores capacitados no país e os deixamos como segunda opção. O Brasil tem fornecedores nacionais de qualidade para nos atender”.

Para Douglas Ferreira, a pandemia já está dando grandes lições aos profissionais de Compras. “Com exceção à crise 1929, nunca vivemos um momento parecido como esse. Sairemos dessa crise preparados porque independente de um momento similar a esse ou não, o mercado vai ficar mais competitivo e a margem vai diminuir”.

Ainda compartilha sua visão em relação aos fornecedores “Os fornecedores que estão atuando fortemente no meio dessa crise serão os que continuarão dentro das organizações. Isso gera competitividade no mercado. Se pararmos pra pensar, isso é bom porque teremos várias opções à nossa escolha”. 

Você pode gostar também:

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Notícias do Mercado

Marketing em tempos de crise

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Home Office: como ser produtivo?

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Home Office: como ser produtivo?

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Vídeos

Supply Talks#02

No Supply Talks#02, os hosts Alex Leite e Cássio Azevedo tiveram um bate-papo com a convidada Mônica Granzo, Founder e CEO da Smarkets.

LiveCast#62

No LiveCast#62, os hosts Henrique Gasperoni e Alex Leite tiveram um bate-papo com a convidada Mariel Orsi Gameiro, Conselheira no CARF e com o co-host Ronaldo Apelbaum, CEO e Sócio Fundador da APGI Advogados

Supply Talks#01

No Supply Talks#01, os hosts Alex Leite e Henrique Gasperoni tiveram um bate-papo com o convidado Eduardo Nishimoto, Head Comercial e BU Supply na Autopel, empresa focada em prover soluções para automação em suprimentos.

3 PRINCÍPIOS para desenvolver novas competências com Alex Leite

Discutido por pensadores e profissionais, a competência é a capacidade resultante de profundo conhecimento que alguém domina sobre certo assunto, gerando benefícios para uma pessoa ou organização. Mas você sabe como adquiri-la?

Pico-fim e a experiência do cliente com Rafael Scucuglia

A experiência do cliente, de forma resumida, pode ser definida como um conjunto de emoções vividas pelo consumidor nas interações com a empresa, produto, marca ou serviço, ao longo de sua jornada. Mas, como saber a relevância dessas interações na memória do cliente, quando precisam ser acessadas para tomar novas decisões?

Fique atualizado!

Assine nossa News e fique por dentro das principais matérias da Live University

Fique por dentro das principais tendências do mercado!

🚀 O evento começa em:

Dias
Horas
Minutos