Desafios e Oportunidades da Transformação Digital em Empresas Centenárias

Viviane Burdinski

Viviane Burdinski

Passamos por muitas mudanças nas últimas décadas. A transformação digital modificou a indústria, a comunicação e as pessoas. No mundo dos negócios, empresas centenárias, que aparentemente não sofriam nenhuma ameaça, simplesmente deixaram de existir. 

Quantas vezes não ouvimos falar que a Netflix matou a Blockbuster, que a Uber extinguiu os taxistas, ou que o Airbnb está acabando com a hotelaria? Num pensamento mais simplista, podemos até concordar com essas afirmações, porém, o assunto exige uma visão um pouco mais aprofundada. 

O que faz uma empresa morrer?

No caso dos táxis, por exemplo, será que apenas o aparecimento do Uber foi o suficiente para que eles perdessem tanto mercado? A resposta é Não. O que fez os consumidores apostarem em um aplicativo, até então desconhecido para fazer o seu deslocamento, foi o acesso limitado, o serviço ruim e o controle das tarifas por parte dos taxistas. 

É por essa mesma lógica que o CEO da Netflix declarou que os seus verdadeiros concorrentes não são os outros serviços de streaming como o Amazon Prime ou a Apple Tv. O sucesso da empresa vem pelo tempo de tela. Nesse caso, com as novas gerações, a maior disputa vem do mercado de games. E essa é a preocupação deles para se manterem vivos. 

Portanto, podemos concluir que não importa a área de atuação da sua empresa, aqueles que não olharem para a inovação estão fadados a acabar. É preciso trabalhar a cultura de inovação, para que essa transformação seja algo natural. Sempre vai existir alguém pensando no futuro do mercado e esses são os que irão permanecer, independente do mercado. 

Clique aqui para assistir a palestra na íntegra

 

Você pode gostar também:

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Notícias do Mercado

Marketing em tempos de crise

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Home Office: como ser produtivo?

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Home Office: como ser produtivo?

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Vídeos

Supply Talks#02

No Supply Talks#02, os hosts Alex Leite e Cássio Azevedo tiveram um bate-papo com a convidada Mônica Granzo, Founder e CEO da Smarkets.

LiveCast#62

No LiveCast#62, os hosts Henrique Gasperoni e Alex Leite tiveram um bate-papo com a convidada Mariel Orsi Gameiro, Conselheira no CARF e com o co-host Ronaldo Apelbaum, CEO e Sócio Fundador da APGI Advogados

Supply Talks#01

No Supply Talks#01, os hosts Alex Leite e Henrique Gasperoni tiveram um bate-papo com o convidado Eduardo Nishimoto, Head Comercial e BU Supply na Autopel, empresa focada em prover soluções para automação em suprimentos.

3 PRINCÍPIOS para desenvolver novas competências com Alex Leite

Discutido por pensadores e profissionais, a competência é a capacidade resultante de profundo conhecimento que alguém domina sobre certo assunto, gerando benefícios para uma pessoa ou organização. Mas você sabe como adquiri-la?

Pico-fim e a experiência do cliente com Rafael Scucuglia

A experiência do cliente, de forma resumida, pode ser definida como um conjunto de emoções vividas pelo consumidor nas interações com a empresa, produto, marca ou serviço, ao longo de sua jornada. Mas, como saber a relevância dessas interações na memória do cliente, quando precisam ser acessadas para tomar novas decisões?

Fique atualizado!

Assine nossa News e fique por dentro das principais matérias da Live University

Fique por dentro das principais tendências do mercado!

🚀 O evento começa em:

Dias
Horas
Minutos