Como o Grupo Bimbo mudou a mentalidade de gastos nas suas empresas

Viviane Burdinski

Viviane Burdinski

Fundado no México em 1945, o Grupo Bimbo é líder no mercado de pães no mundo. Presente em 32 países com mais de 140 mil colaboradores, possui mais de 100 marcas em seu portfólio. Somente no Brasil são mais de 4 mil colaboradores e 6 fábricas em 5 Estados diferentes, que atendem 35 centros de distribuição. 

Diante de uma estrutura com tantas variáveis, acaba sendo fácil perder o controle sobre os gastos com compras. Por isso, o Grupo criou um comitê com reuniões semanais com os seguintes objetivos: controlar os gastos já comprometidos e obter economias com redução imediata; conscientizar sobre o tema; identificar padrões de demanda, definir diretrizes e criar novas iniciativas de possíveis melhorias. 

Comitê de Gastos

Através do Comitê de Escalada de Gastos, é possível fazer economias com a mudança de mentalidades e comportamentos. Toda a estruturação é baseada em cinco pilares:

Visibilidade dos gastos: Cria a transparência de gastos indiretos dando visibilidade em tempo real. 

Melhoria de processos: Melhora a transparência de caixa e implementa controles mais rigorosos 

Consciência de gastos: Fortalece mentalidade e comportamentos para criar uma cultura consciente em termo de gastos e caixa

Nivelamento dos critérios de aprovação: Questionamentos e sessões de capacitação nivelam a barra de aprovação para uma requisição

Economia: Contribui com o caixa e economias recorrentes para a melhoria de gastos das categorias selecionadas. As economias reais dependem muito da necessidade de transformação, do apoio da liderança e dos atuais níveis de custo. 

Durante os seis meses de execução do comitê, foram evitados cerca de R$ 500 mil, com uma redução de 5% de gastos por não aprovação de requisições, além da mudança de mentalidade, que reduziu o volume de pedidos de compras na empresa.  

 Clique aqui para assistir a palestra na íntegra

 

Você pode gostar também:

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Notícias do Mercado

Marketing em tempos de crise

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Home Office: como ser produtivo?

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Home Office: como ser produtivo?

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Vídeos

Supply Talks#02

No Supply Talks#02, os hosts Alex Leite e Cássio Azevedo tiveram um bate-papo com a convidada Mônica Granzo, Founder e CEO da Smarkets.

LiveCast#62

No LiveCast#62, os hosts Henrique Gasperoni e Alex Leite tiveram um bate-papo com a convidada Mariel Orsi Gameiro, Conselheira no CARF e com o co-host Ronaldo Apelbaum, CEO e Sócio Fundador da APGI Advogados

Supply Talks#01

No Supply Talks#01, os hosts Alex Leite e Henrique Gasperoni tiveram um bate-papo com o convidado Eduardo Nishimoto, Head Comercial e BU Supply na Autopel, empresa focada em prover soluções para automação em suprimentos.

3 PRINCÍPIOS para desenvolver novas competências com Alex Leite

Discutido por pensadores e profissionais, a competência é a capacidade resultante de profundo conhecimento que alguém domina sobre certo assunto, gerando benefícios para uma pessoa ou organização. Mas você sabe como adquiri-la?

Pico-fim e a experiência do cliente com Rafael Scucuglia

A experiência do cliente, de forma resumida, pode ser definida como um conjunto de emoções vividas pelo consumidor nas interações com a empresa, produto, marca ou serviço, ao longo de sua jornada. Mas, como saber a relevância dessas interações na memória do cliente, quando precisam ser acessadas para tomar novas decisões?

Fique atualizado!

Assine nossa News e fique por dentro das principais matérias da Live University

Fique por dentro das principais tendências do mercado!