Big Data: O maior parceiro comercial B2B

Viviane Burdinski

Viviane Burdinski

Vivemos na Era da Informação. Sabendo disso, o mundo dos negócios investe cada vez mais na captação e organização de dados. A cada dia que passa, o mercado relacionado a Big Data Analytics, Aprendizagem de Máquina e Conhecimento de Clientes conquista mais espaço nas grandes e pequenas empresas. 

A gestão eficiente de dados pode ser utilizada em diversos setores. É possível traçar um panorama muito mais assertivo do mercado em que a companhia está inserida, mapear os clientes com profundidade, além de identificar novas oportunidades de negócios. 

Big Data na Prática

Felipe Mesquita, Gerente Comercial na Datahub, compartilhou durante o Fórum de Gestão Comercial 2021 da Live University, um case de um serviço prestado para uma empresa tradicional com mais de 50 anos de atuação no mercado. Se tratava de uma das líderes do segmento de materiais elétricos, mas que tinha dificuldade em encontrar novos clientes recorrentes. 

No passo inicial, foram identificados que cerca de 14% dos clientes cadastrados no CRM do cliente estavam inativos. A partir disso foi possível definir com exatidão quais os setores desses clientes, qual o tempo de mercado de cada um e entender o perfil do consumidor ideal. 

Dessa forma, é possível cruzar as informações e identificar os pontos comerciais que fazem parte desse perfil, mas não são atendidos pela empresa. Assim, o departamento comercial sabe exatamente onde prospectar e quais as informações relevantes para essa etapa. “Utilizando Big Data, esse cliente conseguiu 47% de crescimento da base interna e o incremento de vendas de 33% a curto prazo”, revela Felipe. Esse é um dos exemplos do que é possível alcançar utilizando a tecnologia de dados. 

Clique aqui para assistir a palestra na íntegra

 

Você pode gostar também:

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Notícias do Mercado

Marketing em tempos de crise

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Home Office: como ser produtivo?

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Home Office: como ser produtivo?

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Vídeos

Supply Talks#02

No Supply Talks#02, os hosts Alex Leite e Cássio Azevedo tiveram um bate-papo com a convidada Mônica Granzo, Founder e CEO da Smarkets.

LiveCast#62

No LiveCast#62, os hosts Henrique Gasperoni e Alex Leite tiveram um bate-papo com a convidada Mariel Orsi Gameiro, Conselheira no CARF e com o co-host Ronaldo Apelbaum, CEO e Sócio Fundador da APGI Advogados

Supply Talks#01

No Supply Talks#01, os hosts Alex Leite e Henrique Gasperoni tiveram um bate-papo com o convidado Eduardo Nishimoto, Head Comercial e BU Supply na Autopel, empresa focada em prover soluções para automação em suprimentos.

3 PRINCÍPIOS para desenvolver novas competências com Alex Leite

Discutido por pensadores e profissionais, a competência é a capacidade resultante de profundo conhecimento que alguém domina sobre certo assunto, gerando benefícios para uma pessoa ou organização. Mas você sabe como adquiri-la?

Pico-fim e a experiência do cliente com Rafael Scucuglia

A experiência do cliente, de forma resumida, pode ser definida como um conjunto de emoções vividas pelo consumidor nas interações com a empresa, produto, marca ou serviço, ao longo de sua jornada. Mas, como saber a relevância dessas interações na memória do cliente, quando precisam ser acessadas para tomar novas decisões?

Fique atualizado!

Assine nossa News e fique por dentro das principais matérias da Live University

Fique por dentro das principais tendências do mercado!