50 anos em 2: O processo de digitalização do Magazine Luíza

Viviane Burdinski

Viviane Burdinski

O Magazine Luíza é uma das maiores empresas de varejo do Brasil. Fundada em Franca (São Paulo) no ano de 1957, atualmente conta com mais de 1.300 lojas. Assim como as companhias do mesmo setor, em março de 2020, o grupo viu 100% todos os seus espaços físicos fechados por causa da pandemia. 

Crescimento de 214%

A reabertura foi acontecendo de forma gradual, chegando em 100% apenas em setembro, 6 meses depois.  As quedas nessa modalidade de vendas, trouxeram um aumento exorbitante do seu comércio eletrônico, chegando em 214% no marketplace. “Foi um crescimento absurdo. Ninguém estava esperando por isso”, afirma  Vinicius Sessa, Market Intelligence & Insights Specialist no Magazine Luiza.

A título de comparação, as lojas físicas levaram 50 anos para vender R$ 1bi, o e-commerce dez anos. Já o marketplace atingiu essa meta em apenas dois anos. Esses números expressam uma nova era no setor de vendas. A chegada do digital mudou a forma de se relacionar com os clientes e isso traz diversas mudanças. 

Uma delas é a quantidade de dados gerados. Em uma loja física, por exemplo, seria necessário um grande investimento tecnológico para mensurar a quantidade de pessoas que passaram pelo espaço durante um dia. Já com o comércio online, esse dados são gerados praticamente de forma automática, e precisam ser armazenados, categorizados e estudados. 

O cruzamento dessas informações, identifica as oportunidades de mercado.  A descentralização da gestão de dados, favorece o time de inteligência cada vez mais próximo ao time de negócios.

 Clique aqui para assistir a palestra na íntegra

 

Você pode gostar também:

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Notícias do Mercado

Marketing em tempos de crise

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Home Office: como ser produtivo?

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Home Office: como ser produtivo?

Todas as áreas das empresas precisam acompanhar e usufruir o que a tecnologia tem para oferecer. Esta é uma das premissas…

Fonte: Meio e Mensagem

Vídeos

Supply Talks#02

No Supply Talks#02, os hosts Alex Leite e Cássio Azevedo tiveram um bate-papo com a convidada Mônica Granzo, Founder e CEO da Smarkets.

LiveCast#62

No LiveCast#62, os hosts Henrique Gasperoni e Alex Leite tiveram um bate-papo com a convidada Mariel Orsi Gameiro, Conselheira no CARF e com o co-host Ronaldo Apelbaum, CEO e Sócio Fundador da APGI Advogados

Supply Talks#01

No Supply Talks#01, os hosts Alex Leite e Henrique Gasperoni tiveram um bate-papo com o convidado Eduardo Nishimoto, Head Comercial e BU Supply na Autopel, empresa focada em prover soluções para automação em suprimentos.

3 PRINCÍPIOS para desenvolver novas competências com Alex Leite

Discutido por pensadores e profissionais, a competência é a capacidade resultante de profundo conhecimento que alguém domina sobre certo assunto, gerando benefícios para uma pessoa ou organização. Mas você sabe como adquiri-la?

Pico-fim e a experiência do cliente com Rafael Scucuglia

A experiência do cliente, de forma resumida, pode ser definida como um conjunto de emoções vividas pelo consumidor nas interações com a empresa, produto, marca ou serviço, ao longo de sua jornada. Mas, como saber a relevância dessas interações na memória do cliente, quando precisam ser acessadas para tomar novas decisões?

Fique atualizado!

Assine nossa News e fique por dentro das principais matérias da Live University

Fique por dentro das principais tendências do mercado!

🚀 O evento começa em:

Dias
Horas
Minutos